Português Italian English Spanish

Primeiro dia de cadastro para castramóvel é marcado por grande fila no Setor de Zoonoses

Primeiro dia de cadastro para castramóvel é marcado por grande fila no Setor de Zoonoses

Data de Publicação: 22 de junho de 2022 10:50:00
Expectativa é que as 250 fichas se esgotem nesta quarta-feira (22). Público reclamou da demora no atendimento, e um senhor de 77 anos passou mal na fila

Por Peterson Escobar - Repórter 

Demanda alta! Centenas de pessoas formaram uma grande fila no Setor de Zoonoses na manhã desta quarta-feira (22), na Rua Doutor Guilherme de Castro, em Santos Dumont. O motivo é o cadastro para castrar animais de estimação pelo castramóvel, que estará na cidade entre os dias 28 de junho e 01 de julho. 

Ao todo, são 250 fichas de inscrição, e o cadastro está programado para acontecer nesta quarta (22) e nesta quinta-feira (23). No entanto, de acordo com os próprios funcionários da Zoonoses, a tendência é que as fichas se esgotem até o início da tarde de hoje, e o segundo dia funcione apenas para cadastro de reserva.

Muita gente chegou cedo para garantir lugar na fila. Segundo um dos funcionários envolvidos na organização, a primeira pessoa chegou às 4h da madrugada e, ao longo da manhã, a fila foi ganhando forma. A dona Aparecida Formigoni, que chegou no local às 6h30, reclamou da demora no atendimento. 

"Uma falta de respeito com o ser humano. Deviam ter colocado mais gente para trabalhar, a gente tem serviço em casa e outras coisas pra fazer", desabafou a trabalhadora, que estava com a senha de número 37 em mãos. 

Durante o período que a reportagem esteve no local, até as 10h30, pouco mais de 20 pessoas haviam sido atendidas.

Susto

Por conta do sol, um senhor de 77 anos acabou passando mal e desmaiou na fila. De acordo com a esposa, o casal mora no bairro Vila Esperança e chegou ao ponto de cadastro às 7h30. Por volta das 9h30 o idoso, que é diabético, não se sentiu bem e precisou ser socorrido por populares. Funcionários da Zoonoses que possuem formação em enfermagem também auxiliaram o homem.

Depois de ser levado para a parte de dentro do Setor, o senhor foi estabilizado e encaminhado ao Hospital Misericórdia, em um carro de transporte por aplicativo. Ele e a esposa estavam com as senhas 66 e 67, que ficaram com um sobrinho que se localizava em outro ponto da fila.

Orientações

De acordo com Juliana Garcia, agente de endemias e zoonoses, a ideia é que mais funcionários do setor estejam trabalhando no atendimento ao público na parte da tarde desta quarta.

"Na parte da tarde, vamos aumentar os profissionais que estão atendendo o público, pois agora a gente não consegue retirar funcionário que está em campo para vir atender. Na verdade, já retiramos três que estavam de férias para poder ajudar. O cadastro pode gerar uma demora porque a empresa que vai realizar a castração exige diversos documentos", explica. 

Ainda conforme a organização, as pessoas que já receberam a senha e saíram da fila por algum motivo, poderão retornar ao local até as 14h, mas terão que voltar ao final da fila. Segundo o Setor de Zoonoses, esse movimento já era esperado.

"A gente já está acostumado, pensamos que na parte da manhã teria até mais pessoas. O pessoal ainda está chegando e a previsão é que as 250 senhas realmente se esgotem. Posteriormente, faremos o cadastro de reserva que vai ficar para as próximas vindas do castramóvel. A gente sabe que a demanda é muito grande, mas não podemos dar mais de uma senha por pessoa, porém incluímos elas nesse cadastro de reserva. Algumas não conseguirão castrar nesta semana, mas a gente garante que ninguém vai ficar sem o serviço, já que serão incluídas nas próximas vindas do castramóvel", afirma. 

Triagem mais específica será feita no dia da castração

Muitas pessoas chegaram ao local de cadastro com dúvidas a respeito da possibilidade de castração de animais que tenham mistura de raças. Nesta semana, o Portal 14B mostrou que cães braquicefálicos não seriam castrados por esse serviço disponibilizado pela Prefeitura.

"Muita gente entra em contato dizendo que tem shitzu com lhasa, pug com shitzu, hoje em dia essa mistura é muito comum. Estamos tentando explicar, conforme combinado com a empresa, que os animais com focinho bastante achatado não serão castrados. Tudo vai depender da pré-avaliação que será feita no momento da castração por um veterinário", explica.

O castramóvel ficará na Praça da Estação, entre os dias 28 de junho e 01 de julho.

 

Fotos: Peterson Escobar

 

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário