Português Italian English Spanish

Iluminação pública em Santos Dumont deve ser toda substituída por LED até setembro, diz empresa

Iluminação pública em Santos Dumont deve ser toda substituída por LED até setembro, diz empresa

Data de Publicação: 22 de junho de 2022 09:31:00
Empresa Gradiente e Secretaria de Obras identificaram em toda cidade 600 pontos de iluminação desligados

Por Gilberto Freire - Repórter

 

Nessa terça-feira (21), a empresa Gradiente e a Divisão de Serviços Públicos da Prefeitura deram seguimento à troca de iluminação pública para LED. Até então, as luminárias funcionam à base de vapor de sódio.

Os trabalhos foram realizados em diversos pontos centrais, entre eles na Rua Prefeito Paulo Vieira Marques, e já no bairro São Sebastião na Rua 15 de Fevereiro, sob supervisão do chefe da Divisão, Cláudio Lins. 

Esta intervenção tem o objetivo de substituir a iluminação da cidade inteira. A previsão da Divisão de Serviços Públicos é que o trabalho desenvolvido pela empresa Gradiente seja concluído até o mês de setembro deste ano.

Para executar o trabalho, são três veículos rodando pelo município, de acordo com a empresa. As informações foram repassadas durante uma reunião na Câmara Municipal, que contou com a participação de quase todos os vereadores, com a presença do representante da Gradiente, João Leonardo de Oliveira; do secretário de Obras, Oscar Homem de Toledo Júnior; e do chefe da Divisão de Serviços Públicos, Cláudio Lins.

Vários questionamentos foram feitos aos convidados sobre a substituição das luminárias, já que naturalmente as cobranças da população recaem diretamente sobre os parlamentares. Cláudio Lins afirmou que pedidos de substituição podem ser solicitados à Secretaria de Obras pelo telefone 3251-5212.

A Gradiente e a Secretaria de Obras identificaram em toda cidade 600 pontos de iluminação desligados, porém a empresa admite que cada veículo poderá fazer a substituição de 30 luminárias por dia. No cenário atual, com três veículos em ação, a troca alcança no máximo 90 luminárias por dia. O grande desafio é que ao identificar uma rua com uma luminária a vapor de sódio desligada, a equipe foi orientada a trocar todas as luminárias daquela via por LED.

Na oportunidade conversamos com Cláudio Lins a respeito do serviço em execução.

Portal 14B - O que está sendo feito pela empresa Gradiente na rua prefeito Paulo Vieira Marques?

“Nós estamos fazendo não só a manutenção quanto a montagem das lâmpadas de LED de 120 watts. Elas são de alta qualidade, econômica, e que vai dar uma luminosidade, que realmente vai satisfazer a comunidade aqui desta rua”.

Portal 14B - Qual é a previsão de conclusão deste serviço pela Gradiente? 

“Segundo o proprietário da empresa senhor João da Gradiente, ele diz que até setembro a cidade vai estar toda iluminada com LED”, disse o Cláudio Lins.

Vantagens

O uso de luminárias em LED na iluminação pública marca uma nova era na prestação desse serviço essencial. Primeiramente, oferece um desempenho formidável em comparação com as lâmpadas de vapor de descarga em alta pressão.

Mas não é só isso, é um divisor de águas ao possibilitar a interatividade, entre outros benefícios. São cinco as vantagens das luminárias em LED na iluminação pública em comparação com as convencionais, o que surpreender com a superioridade em todos os aspectos.

Eficiência energética

A eficiência energética das luminárias em LED é incomparável em relação às de vapor de descarga em alta pressão. O LED (sigla para light emitting diode – diodo emissor de luz) é um diodo semicondutor, que permite a conversão de energia elétrica diretamente em energia luminosa. Como não precisa de filamentos, cerca de 95% da energia se transforma em luz, de modo que somente 5% se perde em calor.

Sustentabilidade

A sustentabilidade é uma grande marca da tecnologia LED. Por conta da eficiência energética, o LED deixa de lançar uma significativa quantidade de CO2, gás causador do efeito estufa, na atmosfera.

Uma luminária de LED, por exemplo, pode evitar a emissão de 0,4 toneladas de dióxido de carbono na atmosfera. Agora veja: a iluminação pública chega a responder por 25% das emissões de CO2 no mundo.

Visibilidade

Diversos fatores fazem da luminária em LED muito superior em relação as suas antecessoras no quesito visibilidade. Antes de mais nada, possuem luz branca, importante por desperta maior atenção.

Além disso, alcançam um alto índice de reprodução da cor (IRC). Por exemplo, enquanto essa tecnologia entrega 70% de IRC, uma lâmpada de mercúrio, amarelada, oferece 30%. Portanto, a primeira reflete as cores com maior fidelidade.

Durabilidade

A vida útil das luminárias LED é espetacular em comparação com as tradicionais. A nova tecnologia possui aproximadamente 65 mil horas de durabilidade, ou seja, cerca de 12 anos de uso. Um tempo incrível, passando do dobro de vida útil de outros tipos. No caso das lâmpadas de vapor metálico, a duração chega a ser quatro vezes superior.

E por que existe essa enorme diferença? São inúmeros fatores. Mas um deles é porque as luminárias em LED não emitem raios UV, diferente das luminárias convencionais.

Interatividade

O LED permitiu revolucionar o controle da iluminação pública. Essa tecnologia facilitou a introdução da interatividade no monitoramento remoto dos parques de iluminação, melhorando a eficiência e qualidade dos serviços prestados aos cidadãos.

No telemonitoramento, dispositivos eletrônicos são acoplados às luminárias em LED. Assim, esses módulos se comunicam por rede sem fio a um Centro de Controle Operacional (CCO) por meio de um software. Com isso, é possível ligar e desligar as luminárias, identificar falhas e fazer dimerização (controle de fluxo de luz e de consumo de energia) em tempo real.

 

Fonte: QLuz

Fotos: Gilberto Freire

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário